Maria Bethânia prepara “Ensaio Poético” com Mia Couto e José Agualusa

IMG_1668-300x225 Maria Bethânia prepara “Ensaio Poético” com Mia Couto e José Agualusa

A cantora brasileira Maria Bethânia está em Moçambique para “Ensaio Poético”, um espectáculo de poesia que vai juntar no mesmo palco Mia Couto e José Eduardo Agualusa. Este domingo, Bethânia teve um encontro com os ministros da Educação e Desenvolvimento, Jorge Ferrão e da Cultura e Turismo, Silva Dunduro, num ambiente dominado pela música e dança tradicional.

Um show poético é o que está a ser preparado para esta quarta-feira, 12 de Outubro, no Centro Cultural Universitário da UEM, com a cantora brasileira Maria Bethânia e os escritores moçambicano, Mia Couto e angolano, José Eduardo Agualusa.

Intitulado “Ensaio Poético” e organizado pela Cine Group, o evento será marcado por uma combinação de música e poesia e é visto como um momento de encontro entre três culturas ligadas pela língua portuguesa.

No domingo Bethânia foi recepcionada por timbila e tufo num evento que contou com a participação dos ministros da Educação e Desenvolvimento Humano, Jorge Ferrão e da Cultura e Turismo, Silva Dunduro.

Para o Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano, a vinda de Bethânia embora seja cultural deve igualmente ser vista com propósitos académicos uma vez que a cantora terá um encontro com alunos da cidade de Maputo. De acordo com Ferrão, o facto de ter aceite o convite para estar numa das  escolas “é uma motivação muito grande para própria disciplina de língua portuguesa, para aqueles que se empenham em fazer poesia, recitar e ler.”

O titular da pasta da Educação diz haver nesta vinda de Bethânia, “uma parte da componente de desenvolvimento humano que nós queremos transmitir para as nossas escolas. Não ensinamos apenas equações matemáticas, não ensinamos apenas os elementos da física e da química, mas trazemos toda uma abordagem humana que associa-se ao conhecimento e que os nossos alunos têm a possibilidade de conviver.”

Leia:  CONCURSO LITERÁRIO FIM DO CAMINHO

O “Ensaio Poético” acontece na quarta-feira, 12 dia Outubro, Dia dos Professores Moçambicanos. Para assinalar a data a Cine Group, organizadora deste evento, vai oferecer 20 convites para o mesmo número de professores. Esta acção é vista dentro da percepção do Ministro como um dos momentos para a promoção da educação, assim como para ajudar o país a serenar.

“A Bethânia, Agualusa e o Mia são pessoas consagradas e será para nós uma oportunidade de poder aprender, de poder revisitar um pouco algo que apenas imaginávamos e nunca tínhamos visto na prática. É bom para o país, ajuda-nos a serenar um pouco a tranquilidade e a estabilidade que queremos para o nosso país, os tempos melhores que tem que ser construídos a partir dos momentos difíceis. Nesta busca de estabilidade, nesta busca de um dia melhor, de um amanhã melhor, nós fazemos com todos esses elementos que vão se agregando e a partir daqui encontramos uma perspectiva de um novo horizonte. “

Se Ferrão olha “Ensaio Poético” como uma oportunidade para educação, o Ministro da Cultura e Turismo, Silva Dunduro, lembrou o papel da geração da cantora brasileira para a divulgação da cultura lusófona, assim como a importância deste evento para a promoção do turismo nacional.

“É um grande ganho porque a Maria Bethânia pertence a uma geração que ajudou bastante a divulgar a cultura lusófona. Mais do que cantora ela é poetisa. Quem conhece a música dela percebe que está a lidar com a poesia, está lidando com grande nome da poesia brasileira. Essa vinda a Moçambique que vai interagir com nomes como Mia Couto, penso que é mais um nó que se amarra entre os dois povos o que é necessário para o desenvolvimento dos nossos países. O que mais promove os países e que torna os povos mais próximos é a cultura.”

Leia:  Câmara de Comércio do Dubai abre representação em Maputo

“Ensaio Poético” com Maria Bethânia vai juntar  Moçambique, Brasil e Angola em termos cultuirais, mas também é visto numa vertente mais generalizada pelo Presidente da Confederação Empresarial da CPLP, Salimo Abdula.

“Estes são daqueles momentos importantes na cultura, em especial da família CPLP. Estes momentos são de grande reflexão porque os poetas falam de coração e é desta forma que nos ajudam a reflectir a cada momento a importância de nós, seres vivos estarmos nesta terra e acima de tudo, do nosso grande povo da CPLP. É desta forma que temos que nos unir cada vez mais, ultrapassar todos os tabus que nos possam impedir de avançar e é desta forma que devemos consolidar as pontes entre as nossas nove nações membros da CPLP e é com estes eventos que podemos valorizar a cultura dos povos da CPLP.”

Independentemente da vertente que o evento ganha, desde o cultural, económico e académico, “Ensaio Poético”, de acordo com o Embaixador do Brasil em Moçambique, Rodrigo Baena Soares, este será um grande momento cultural.

“Temos uma identidade comum muito grande, Moçambique e Brasil na área cultural. Várias manifestações culturais moçambicanas podem ser reproduzidas no Brasil, como as brasileiras aqui em Moçambique. Para nós, receber um ícone da cultura brasileira como é Maria Bethânia fortalece ainda mais a relação que temos como Moçambique. Ela tem legião de admiradores aqui em Moçambique. Estou contente por na quarta-feira poder assistir um grande show com Maria Bethânia, o Mia e Agualusa. Vai ser, certamente, um grande momento cultural.”

LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas