QUELIMANE: Obras do mercado de Sangariveira atrasadas

De acordo com os comerciantes, o facto do mercado ser provisório não lhes confere a oportunidade de melhorar as condições das suas bancas, construir armazéns para guardar suas mercadorias. A falta de informação da actual localização do mercado faz com que os clientes não adiram facto que resulta em prejuízos assinaláveis.Mercado-Provisorio-de-Sangariveira-300x167 QUELIMANE: Obras do mercado de Sangariveira atrasadas

Comerciantes do mercado provisório de Sangariveira estão ansiosos para mudar – se para o novo mercado que encontra-se em construção. Eles reclamam da morosidade das obras de construção do novo mercado devido as condições precárias que o actual apresenta.

Reagindo a esta situação O município de Quelimane reconhece o atraso do término das obras do mercado de Sangariveira e afirma que dentro de um mês os vendedores poderão exercer suas funções no novo mercado

De acordo com o Chefe do pelouro de urbanização e construções, Yassin Kalu,  o período da execução das obras estava previsto para três meses, mas já passam cinco meses em as obras encontra-se em atraso.

Conteúdo completo disponível por assinatura digital

Leia:  Abdul Razak apela ao civismo no festival de Zalala
LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas