Governo da Zambézia “ignora” luto nacional pela tragédia de Tete

DSC_0144-300x201 Governo da Zambézia “ignora” luto nacional pela tragédia de TeteO Governo moçambicano decretou esta sexta-feira (18) em Maputo três dias de luto nacional em memória das vítimas da tragédia em Tete. Para além do luto, foi criada uma comissão de inquérito que é dirigida pelo Ministro da Justiça, para investigar as causas do incidente e apurar as responsabilidades. Entretanto em Quelimane numa ronda efectuada pela nossa equipe de reportagem na manha deste sábado e Domingo constatou-se de que grosso numero das instituições públicas, maioritariamente direcções provinciais e outros sectores governamentais não colocaram a bandeira em meia haste, facto que põe em causa a ordem do Presidente da Republica. A título de exemplo, a Direcção Provincial de Transportes e Comunicações e o Tribunal Judicial da Zambézia estão desde as primeiras horas de ontemcom as bandeiras içadas na sua totalidade.

O chefe de estado, Filipe Nyusi, prestou condolências as famílias enlutadas e diz que neste momento não importa questionar as causas, mas agir perante os factos. A bandeira moçambicana deve também ser colocada a meia haste, em sinal de luto, em todas as representações diplomáticas em todo o mundo.

O Conselho de Ministros decretou luto nacional de três dias, a partir da meia-noite desta sexta-feira, na sequência da morte de cidadaos mocambicanos na explosão de um camião-tanque, na localidadede Caphiridzange, distrito de Moatize, em Tete.(Redacção)

 

Leia:  Movitel é multada com cerca de 90 mil meticais
LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas