Com a trégua: Maning Nice retoma rota Quelimane-Beira

 

Por:Jacinto Castiano – 


Quelimane (Txopela) – A transportadora interprovincial de passageiros, Maning Nice, retomou esta segunda-feira a rota Quelimane-Beira que já há algum tempo não faz devido ao clima conflituoso que se “vivia” nas estradas.

Jafar Cucucete, uma fonte ligada a aquela transportadora, disse eme entrevista o Jornal Txopela que a decisão surge na senda da tranquilidade que nos últimos dias tem vindo a ser conhecida ao longo das estradas, facto que possibilita o desdobramento por parte daquela transportadora que só fazia rota Quelimane-Nampula.

A fonte assegurou ainda que além de Quelimane Beira, nos próximos dias poderá fazer a rota Quelimane-Maputo, pois já há condições para o efeito.

“A trégua em vigor é muito bem vinda para nos transportadores porque isso nos permite desenvolver nossa actividade com maior tranquilidade” – disse.

O nosso interlocutor disse estar consciente que a trégua é apenas para dois meses, e nessa vertente pediu a quem é de direito para que possam efectivamente tornar isso algo duradoiro.

“Podemos usar aquela expressão habitual na falta do melhor o pior serve, nesse sentido, não temos nada a argumentar mas a nossa vontade é isso fosse para sempre, nós pedimos para que isso parasse para sempre não apenas dois meses”.

A diante, Jafar Cucucete, explicou que a área de transporte com os problemas de “guerra” não ajuda em nada. “Queremos incentivar os nossos pais maiores que tentem sempre coordenar para que isso mantenha sempre assim para garantir que não haja problemas na estrada”, – reiterou.

A fonte procurou lembrar aos “detentores da tranquilidade” deste país que é necessário que “não detenham” a tranquilidade e a deixem para os outros, pois por exemplo, se efectivamente procura-se um desenvolvimento considerável sem no entanto as pessoas deslocarem-se de um para outro ponto, nulo, porque segundo disse a mobilidade de pessoas e bens é o elemento determinante para o desenvolvimento em todos âmbitos.

Leia:  No HGQ aumentam casos de mordeduras. Sector alerta: Raiva = morte

Além de Maningue Nice, a Reportagem do Semanário Txopela, pode verificar nos principais terminais de passageiros, nomeadamente, no Mercado Floresta, Central e na Romoza, subiu bastante o fluxo de passageiros e aliás, anão só para rotas provinciais mas também a nível dos distritos com destaque para Morrumbala e Mopeia, zonas consideradas conflituosas ao nível da província central da Zambézia.

Entretanto, está mais do que claro, que se as pretensões de desenvolvimento para o ano 2017 e não só são ambiciosas há que se fazer alguma coisa seria por parte da Renamo e o governo, sob pena inclusive, de o país andar num ciclo vicioso em que passa-se algum tempo a construir, outro tempo a destruir e depois a reconstruir e assim sucessivamente.

 

LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas