Deusa d’África leva “Moçambique” à China

deusdafrica-300x110 Deusa d’África leva “Moçambique” à ChinaA escritora e activista cultural moçambicana Deusa d’África faz parte da lista alargada de nomes que vão estar em Macau, em Março, para o festival literário denominado Rota das Letras.

O festival, cuja 6.ª edição acontece de 4 a 19 do próximo mês, vai contar com a participação de autores lusófonos, chineses e anglófonos, revelou esta quarta-feira a organização participações não só ligadas à literatura, como também à música.

“Esta edição do festival afirma o seu cariz internacional que temos vindo a construir ao longo dos últimos anos. É a maior e a que mais nacionalidades tem representadas, sem perder, no entanto, o seu cunho de encontro entre a língua portuguesa e a chinesa. Muitos e bons autores destes dois mundos voltarão a encontrar-se em Macau”, disse à Lusa o director de programação do Rota das Letras.

Nascida na província de Gaza, Deusa d’África – pseudónimo de Dércia Sara Feliciano – entrega-se ao romance, à poesia e ao activismo cultural. A jovem autora aborda nas suas obras temáticas como as questões de género e os problemas sociais da actualidade.

Sofia Leite sai de Portugal, mas também leva na bagagem realidades do continente africano. A jornalista e cineasta apresenta o documentário “Cesária Évora – Nha Sentimento” – realizado em 2010 – que retrata a “embaixadora da morna”, considerada uma das personalidades cabo-verdianas mais conhecidas internacionalmente. “A Lista de Chorin” também vai ser apresentada por Leite e conta a história de diplomatas portugueses que, “na Hungria e durante a Segunda Guerra Mundial, conseguiram salvar cerca de mil judeus perseguidos pelo regime Nazi”, lê-se no comunicado enviado às redacções pelo secretariado do certame literário. Não só, há mais vozes da literatura internacional, das artes performativas e também da fotografia a assentar arraiais no território no próximo mês. O Pais 

LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas