Marc Polmans brilha na Australia

Acto_de_entrega_do_trof%C3%A9u_ao_vencedor_do__2%C2%BA_Future_do_Standard_Bank_Open_2016 Marc Polmans brilha na AustraliaO tenista Marc Polmans, campeão absoluto dos Futures da 6ª edição do Standard Bank Open, realizado, no ano passado, nos Courts do Jardim Tunduru, em Maputo, demonstrou a sua classe, no Gram Slam da Austrália 2017, ao alcançar as meias-finais, em pares masculinos.

Marc Polmans e Andrew Whittington derrotaram, nas semifinais, a dupla cabeça de série, constituída pelos tenistas Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut da França, por 7-6 (2), 2-6 e 6-4, para avançar para as meias-finais das duplas, em masculinos.

Aparentemente, o duo Marc Polmans e Andrew Whittington não tinha muitas chances de vencer Nicolas Mahut e Pierre-Hugues Herbert, mas o jovem australiano conjurou um desempenho impressionante para reclamar um 7-6 (2), 2-6 e 6-4, derrubando a equipa que já venceu o Grand Slam, por duas vezes.

Depois da disputa renhida do último ponto do jogo, a dupla ficou fortemente emocionada, tendo-se abraçado com bastante alegria e talvez na descrença que tinham derrotado a dupla número um do mundo.

“Estou um pouco perdido e sem palavras, é uma óptima sensação. Obrigado por jogar comigo, Marc!”, disse Whittington.

Por sua vez, Marc Polmans retorquiu: “Estou extremamente sobrecarregado, para ser honesto. No começo da semana eu realmente não achei que estaria na semifinal de um Grand Slam”.

O par australiano defrontou John Peers e Henri Kontinen nas meias-finais, tendo perdido por 4-6, 4-6.

Refira-se que o desempenho de Marc Polmans no Gram Slam é mais uma confirmação de que o Standard Bank Open “constitui uma plataforma para descobrir mais talentos para o ténis aos níveis internacional e nacional,” conforme Marc referiu quando venceu a competição em 2016.

Os Futures do Standard Bank Open têm a particularidade de pontuar para o ranking internacional (ATP Ranking) e inserem-se no Circuito Internacional de Ténis (ITF Men’s Circuit), para além de ser reconhecido pela Federação Internacional de Ténis (ITF) e pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP).

LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas