Homicídios e assassinatos continuam a ser a tónica dominante de crimes na Zambézia

IMG_9111-300x200 Homicídios e assassinatos continuam a ser a tónica dominante de crimes na ZambéziaQuelimane (Txopela) Um indivíduo ainda em parte incerta espancou até à morte, uma menor de 6 anos de idade com problemas de pigmentação da pele. Este facto aconteceu no distrito de Molumbo na última sexta-feira, onde o malfeitor, sob cumplicidade do cunhado da vítima, que se encontra igualmente em parte incerta, espancou a vítima com recurso a um instrumento contundente (enxada) desferindo vários golpes a cabeça até a morte da mesma.

Segundo o Porta-Voz da Polícia da República de Moçambique na Zambézia, Miguel Caetano, o indiciado pôs-se imediatamente em fuga após ter logrado seus intentos.

No distrito de Gilé a norte da província central da Zambézia um indivíduo tentou sem sucesso, tirar a vida a sua ex-esposa com recurso a uma faca. A vítima escapou da sua execução graças à rápida intervenção de populares que levaram-na imediatamente a um Posto de Saúde para intervenções médicas. O indivíduo que alega ter sido movido por ciúmes, encontra-se sob custódia policial para posterior responsabilização criminal pelos seus actos.

Um outro caso de homicídio qualificado, ocorreu no bairro de Icídua, na cidade de Quelimane, onde indivíduos ainda não identificados, tiraram a vida a uma senhora de trinta e sete anos de idade no último sábado, com recurso a instrumentos contundentes (catanas). A polícia, na voz do seu porta-voz Miguel Caetano, diz estar no encalço dos meliantes e pede a colaboração dos populares através de denúncias junto as autoridades de situações anómalas que forem a ser detectadas nas unidades residenciais e nas comunidades em geral.

Um corpo sem vida foi encontrado na madrugada da passada segunda-feira no bairro de Santágua na cidade de Quelimane. Segundo o porta-voz da PRM na Zambézia, trata-se de um indivíduo de conduta duvidosa que na noite anterior saiu da sua casa na companhia de um amigo e que até a altura da descoberta do corpo não se havia feito presente a sua casa. A polícia na Zambézia acredita que o tal amigo seja o agente causador de tal incidente, ou seja, a polícia acredita que seja o amigo que tenha envolvido o malogrado nesta situação.

LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas