Primeira-dama do Zimbabué vai a tribunal por agredir jovem de 20 anos

Zimbabwe-300x192 Primeira-dama do Zimbabué vai a tribunal por agredir jovem de 20 anosQuelimane (Txopela) — Grace Mugabe entregou-se à polícia depois de uma manequim de 20 anos ter acusado a primeira-dama do Zimbabué de a agredir no rosto. A primeira-dama do Zimbabué, Grace Mugabe, vai ser presente a um tribunal na África do Sul por ser suspeita de agressão, revelou o ministro das polícias sul-africano, Fikile Mbalula.

O governante, citado pela BBC, explicou ainda que Grace Mugabe, de 52 anos, casada com o presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, de 93, só não foi detida porque cooperou com as autoridades e entregou-se à polícia.

Grace Mugabe terá agredido no rosto uma jovem modelo de 20 anos, no passado domingo, num hotel em Joanesburgo. A vítima fez queixa na polícia, mas o motivo do ataque não foi esclarecido.

Uma fonte dos serviços de informação sul-africanos disse à Reuters que Grace Mubage se encontra no país com um passaporte “normal”, em “negócios”, e não em representação diplomática do Zimbabué. A primeira-dama é vista como uma das possíveis sucessoras do marido, com quem casou em 1996 e de quem tem três filhos. É apelidada de “Gucci Grace”, numa alusão ao estilo de vida extravagante e dispendioso que aprecia. O ministro da Informação do Zimbabué, Christopher Mushowe, disse à BBC que não estava a par da agressão. De acordo com os meios de comunicação locais, Grace Mugabe tinha-se deslocado à África do Sul para ser tratada a uma lesão no tornozelo, que sofreu num acidente no mês passado.

 

Leia:  Arranca segunda fase da Campanha de Segurança Rodoviária
LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas