O grito de socorro dos albinos

Cristiano-Carlos-Gumbane-Delegado-Provincial-da-Associacao-ADODs-300x150 O grito de socorro dos albinos

Cristiano Carlos Gumbane Delegado Provincial da Associacao ADODs

Quelimane (Txopela) — Cristiano Carlos Gumbane, Delegado Provincial da Associação ADOD’s (Associação Defendendo os Nossos Direitos) disse na manha deste sábado 09 de Setembro, que a sua agremiação está empenhada em defender os direitos dos moçambicanos portadores do problema de pigmentação da pele, vulgarmente conhecido por albinismo.

Falando a margem de uma marcha de taxistas de bicicletas, praticantes da medicina tradicional, pessoas portadoras de albinismo e técnicos da Saúde, que percorreram algumas artérias da cidade de Quelimane, Cristiano explicou que à ausência de melanina no organismo humano impossibilita ao individuo de possuir uma pigmentação e protecção da pele, resultando assim no albinismo, entretanto pede a intervenção de todas as forças vivas da sociedade para de forma uníssona dizer “SOMOS TODOS IGUAIS, NÃO AO TRAFICO DO ALBINO” tal como o lema da marcha pressupões.

Gumbane documenta que tem tomado conhecimento com profundas mágoas dos actos de rapto, tráfico e assassinato de albinos para fins supersticiosos e repudia de forma veemente a pratica de actos desta natureza na sociedade actual.

Leia:  Nyusi exonera Vice-Chefe do Estado Maior das Forças Armadas de Defesa de Moçambique
LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas