Razak Isolado!

Abdul-Razak-Governador-da-Zambezia-300x150 Razak Isolado!

Quelimane (Txopela) — Os níveis de crispação entre o actual governador da província central da Zambézia, Abdul Razak e a liderança do cinquentenário, concretamente o comité provincial do partido no poder desde a independência em Moçambique começam a ganhar um tom cada vez mais serio e por isso a digladiação começa a ser visível publicamente, Há uma oposição clara de ideias e princípios que dada a magnitude são impossíveis de ocultar nos dois lados.

Abdul Razak quadro do Governo da Frelimo desde a independência, figura de respeito e que ocupou sempre lugares cimeiros na condução dos destinos do País a poucos meses para largar o poder e gozar da sua merecida reforma, vê-se numa de saia justa, dado que há desentendimentos com o seu partido, os motivos não são claros até agora conquanto pode-se aferir que tem origem ideológica e de funcionamento da máquina administrativa provincial e a capacidade do partido influenciar as decisões deste.

Na 11ª conferência provincial daquela formação política que decorreu recentemente na capital das bicicletas, Razak concorreu para o Comité Central da Frelimo mas teve de retirar a sua candidatura porque não possuía apoio maioritário que possibilitasse a sua eleição para aquele órgão supremo do cinquentenário, houve um grupo que intentou uma campanha contra Razak dentro dos militantes do partido para que não votassem nele, apercebendo-se da manobra o governante decidiu voluntariamente retirar-se da corrida para não passar vergonha, tal facto foi o primeiro sinal de existência de um conflito interno entre Razak e Paulino Lenço dado que tem sido tradição ao longo dos anos, que os Governadores da Zambézia também ocupem lugares cimeiros no partido.

A crise interna dentro da Frelimo já conhece outros campos de batalha, pelo menos os administradores e directores provinciais que partilham afinidades e laços de proximidade com o 1º Secretario do Comité Provincial da Frelimo na Zambézia viram suas verbas públicas para a prossecução das suas actividades cortadas ou congeladas pela Direcção Provincial de Economia e Finanças sob ordens do timoneiro confidenciaram fontes internas do Partido Frelimo na Zambézia ao Jornal Txopela. “Há direcções provinciais onde os orçamentos para o seu funcionamento flui normalmente, até essas tais direcções compram imóveis a terceiros a valores astronómicos, claro com a conivência do Razak” — explica ao Semanário Txopela um membro bem colocado na Frelimo.

Leia:  Armindo Primeiro pede desculpas por ter lesado o Estado em 3 milhões de meticais

O académico moçambicano Manuel de Araújo que igualmente ocupa a posição de Presidente do Conselho Municipal da capital da Zambézia pelo partido MDM em uma entrevista concedida recentemente ao Semanário SAVANA revelou que a posição do Paulino Lenço é motivada principalmente porque o governador da Zambézia não drena verbas ao Partido e outras mordomias costumeiras nos tempos idos e que este facto pode ser determinante para a actual contracção entre ambos.

Outro elemento revelado por De Araújo é no seu entender as boas relações e espírito de Estado que uniam o autarca e o governador Razak em aspectos de gestão de assuntos de interesse estatal. As relações institucionais revelou a fonte eram das melhores nos primórdios, “Abdul Razak é uma figura que respeito bastante, foi uma pessoa que quando chegou, tinha alto sentido de Estado, mas mudou de postura. Isso porque foi isolado dentro do partido dele. Na última reunião da Frelimo na Zambézia, ele concorreu para o Comité Central, mas teve de retirar a sua candidatura, porque não tinha apoio” e acrescenta “Abdul Razak está a ser sacrificado, porque tem sentido de Estado, tinha boas relações com Manuel de Araújo (…) Abdul Razak está isolado dentro da Frelimo na Zambézia e quase que não manda. Não tem nenhum poder…quem manda é o primeiro secretário e os seus pupilos que estão no governo provincial. Eu não me entendia com os anteriores governadores, porque não tinham postura de Estado. Tinham postura partidária. ”— Araújo falando ao Semanário SAVANA de 08 de Agosto de 2017. (Zito Ossumane)

LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas