Crianças moçambicanas capacitadas em matéria de medicina dentária

racismo2-750x410-300x164 Crianças moçambicanas capacitadas em matéria de medicina dentáriaQuelimane (Txopela) —  Um grupo de dentistas portugueses denominado HEALTH4MOZ está em Moçambique, com o objectivo de transmitir uma técnica inovadora de medicina dentária a alunos e professores da cidade de Maputo.

A Health 4 Moz é uma ONG portuguesa criada para dar formações na área da saúde em Moçambique.

A técnica permite o tratamento de cáries de uma forma não invasiva, utilizando menos instrumentos e materiais, não necessitando de anestesia ou a ida a um consultório médico.

Durante a missão, que acontece dos dias 8 a 10 do mês em curso a HEALTH4MOZ estará a intervir em alunos do ensino primário e médicos dentistas de Moçambique, bem como realizar a aplicação deste tratamento a cerca de 150 crianças em idade escolar, dos 6 aos 10 anos nas escolas e orfanatos, depois seguirão para Nampula.

A missão íntegra também o especialista holandês, Professor Jo E. Frenchen, responsável pelo desenvolvimento desta técnica com vista a implementar um futuro plano de vigilância de saúde oral em crianças moçambicanas.

Esta ONGD tem 4 anos e nestes 4 anos já organizou 11 missões médicas em Moçambique, no norte do país principalmente.

Nestas 11 missões são formados tanto estudantes, como profissionais da área da saúde, ou seja, graduados e pré graduados.

Os temas abordados nas formações vão variando, e dependendo do tema, a equipa de voluntários também vai mudando. Já foram dadas formações nas mais diversas áreas dentro do espectro da saúde (medicina cardiologia, diabetes, medicina geral; enfermagem; nutrição e medicina dentária)

A Health 4 Moz tem um protocolo com a ordem dos médicos de Moçambique e conta com o apoio do Ministério da Saúde.

De referir que esta não é a primeira vez que o grupo de dentistas portugueses escala Moçambique. Em Julho do presente ano estiveram a transmitir a técnica de medicina dentária a alunos e docentes das zonas centro e norte, nas cidades da Beira e Nampula, respectivamente.

Leia:  PRM em Nampula neutraliza indivíduos que se dedicavam a venda de fármacos hospitalares

LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas