(Foto de Scott Taetsch/Getty Images)

Recentemente, o Washington Commanders ganhou as manchetes ao contratar o ex-coordenador defensivo do Dallas Cowboys, Dan Quinn, para ser seu novo técnico após demitir Ron Rivera.

Muitos expressaram decepção por não terem simplesmente promovido o coordenador ofensivo Eric Bieniemy, que agora não é mais membro da organização.

Na segunda-feira, os Commanders acrescentaram duas novas pessoas à equipe de Quinn: Ken Norton Jr., que será seu técnico de linebackers, e John Pagano, que será assistente defensivo sênior.

Nick Jhabvala e Ben Standig estavam no noticiário.

Norton passou 13 temporadas como linebacker estrela na NFL, começando em 1988, quando foi escolhido na segunda rodada do draft pelos Cowboys.

Ele ganhou dois campeonatos do Super Bowl com eles em 1992 e 1993 e, no ano seguinte, ingressou no San Francisco 49ers, onde ganhou mais um campeonato mundial.

Norton fez três Pro Bowls e um All-Pro First-Team durante sua carreira de jogador e, depois de se aposentar após a temporada de 2000, tornou-se treinador de linebackers na University of Southern California.

Começando em 2010, Norton foi treinador de linebackers do Seattle Seahawks por cinco anos, o que lhe rendeu outro anel do Super Bowl, e depois disso ele teve passagens como coordenador defensivo do Oakland Raiders e do Seahawks.

Pagano tem uma longa história de treinamento em diversas funções, tanto no futebol universitário quanto no futebol profissional, que remonta a 1994, quando era assistente técnico na Colorado Mesa University.

Mais notavelmente, ele esteve no San Diego Chargers de 2002 a 2016 e foi o coordenador defensivo durante as últimas cinco temporadas com eles.

PRÓXIMO:
Matt Ryan revela sua opinião sobre Dan Quinn se juntando aos comandantes



Fuente