(Foto de Harry How/Getty Images)

O Super Bowl LVIII foi um clássico instantâneo e, embora os dois primeiros quartos e as mudanças não tenham sido artísticos, é candidato ao maior que a NFL já teve.

Um enredo acontecendo foi o romance entre o tight end do Kansas City Chiefs, Travis Kelce, e a estrela pop Taylor Swift.

Havia muitas pessoas reclamando de quanta atenção e tempo no ar Swift estava recebendo, e havia até teorias de conspiração sendo divulgadas por alguns na mídia.

Mas, no final das contas, Swift foi exibido durante a transmissão do Super Bowl por um total de menos de 60 segundos, o que foi uma proporção minúscula da transmissão real, de acordo com Dov Kleiman.

Foi um dia e uma noite triunfantes para Swift, já que seu namorado ajudou os Chiefs a superar mais um déficit no Super Bowl para ganhar seu terceiro Troféu Vince Lombardi.

No início, parecia que o San Francisco 49ers estava a caminho de derrubar o Chiefs, com uma vantagem de 10-0 e bloqueando Kansas City defensivamente.

Kelce ficou quieto durante grande parte da disputa, mas finalmente começou no terceiro quarto e fez algumas jogadas importantes que ajudaram os Chiefs a forçar a prorrogação e, finalmente, vencer lá.

Ele terminou com nove recepções e 93 jardas de recepção, o que liderou todos os dois times.

Houve rumores no Super Bowl de que talvez Kelce se aposentasse nesta offseason, mas ele disse que estará de volta na próxima temporada para tentar uma terceira turfa, algo que nenhum time da NFL conseguiu na era do Super Bowl.

PRÓXIMO:
Patrick Mahomes enviou mensagem de três palavras após vitória no Super Bowl



Fuente