O debate televisivo entre Mariana Mortágua e Luís Montenegro foi o mais visto “até ao momento”, com uma audiência média de mais de um milhão de telespetadores.

Esta é a principal conclusão da primeira semana de debates para as legislativas de 10 de março da análise da Universal McCann (UM), agência de meios do grupo Mediabrands.

O frente a frente entre os líderes de BE e AD, transmitido a 6 de fevereiro na TVI, “foi o programa mais visto daquele dia” e teve uma audiência média de um milhão e 52 mil espectadores, o que corresponde a um ‘share’ de 21,5%.

O segundo debate mais visto, que se realizou a 5 de fevereiro e que deu início “a esta série de confrontos entre os vários líderes partidários”, foi entre o líder do PS, Pedro Nuno Santos, e o presidente da Iniciativa Liberal (IL), Rui Rocha, transmitido pela SIC.

Este confronto “alcançou uma audiência média de 964 mil telespetadores e um ‘share’ de 19,5%”, com o frente a frente, transmitido pela SIC no domingo (11 de fevereiro), entre Inês Sousa Real, do PAN, e Luís Montenegro, a encerrar o ‘top 3’ dos debates mais vistos.

Este último, moderado por Clara de Sousa, registou uma audiência média de 818 mil telespetadores e um ‘share’ de 16,3%.

Tiago Pereira Santos

“Analisando os debates transmitidos nos canais de informação (RTP3, SIC Notícias e CNN Portugal), o debate entre o presidente do Chega, André Ventura e o líder da IL, Rui Rocha, transmitido pela SIC Notícias, foi o mais visto”, com uma audiência média de 317 mil e um ‘share’ de 7,3%, refere a UM.

Segue-se o debate entre André Ventura e Paulo Raimundo, secretário-geral do PCP, transmitido pela CNN Portugal, com uma audiência média de 200 mil e um ‘share’ de 4,5%.

“O debate entre André Ventura e Inês de Sousa Real, transmitido pela RTP3, completa o pódio dos debates mais vistos nos canais de informação (audiência média 161 mil telespetadores/ 3,5% ‘share’)”, acrescenta a Universal McCann.

Depois de uma semana de debates e com metade entre líderes já realizados (14 em 28), se se comparar “com as audiências dos debates a contar para as legislativas de 2022 é possível verificar um aumento do interesse dos portugueses nos debates transmitidos nos canais de informação”, conclui a UM na análise.

“O mais visto em 2022 (debate entre André Ventura, do Chega, e Rui Rio, do PSD, transmitido pela SIC Notícias) registou uma audiência média de 190 mil telespetadores e um ‘share’ de 3,9%”, refere.

Este ano, aponta, já se assistiu “a dois debates com audiências mais elevadas: O debate entre André Ventura e Rui Rocha, transmitido na SIC Notícias e o debate entre André Ventura e Paulo Raimundo emitido pela CNN Portugal”.

Assim, no balanço da primeira semana de debates e observando as audiências no total dia, entre os canais de informação, “é possível verificar um crescimento do ‘share’ de RTP3 (+0,1p.p.) e SIC Notícias (+0,2p.p.) face à última semana”, conclui.

José Fernandes

Fuente