No outro dia, quando o meu marido me disse que me ama mais do que a manteiga de amendoim, eu soube que, ao fim de 26 anos, o nosso casamento continuava sólido. O homem é claramente apaixonado por manteiga de amendoim, barrando-a nos waffles ao pequeno-almoço, rodando-a no gelado, misturando-a em batidos e comendo-a simplesmente à colherada. O ano passado, pelo seu aniversário, ficou entusiasmado com o presente que lhe ofereci: uma seleção de cervejas com sabor a manteiga de amendoim (que sabem muito melhor do que parece).

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue – nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.

Fuente