As comissões do Mercado Interno (IMCO) e das Liberdades Cívicas do Parlamento Europeu (LIBE) deram esta terça-feira “luz verde’”ao acordo alcançado na União Europeia (UE) sobre a primeira lei do mundo para inteligência artificial (IA), que prevê diferentes regras e limites com base no risco das ferramentas que usam a tecnologia. É mais um passo no longo processo legislativo europeu em direcção à adopção formal do regulamento numa próxima sessão plenária do Parlamento e à aprovação final do Conselho.

Fuente