O jornalista Timothy Burke foi indiciado na quinta-feira por acusações relacionadas a hacking. Ele estava sob investigação em relação à publicação de vídeos vazados do ex-peso pesado da Fox News, Tucker Carlson.

Os vídeos nada lisonjeiros surgiram online na primavera passada, dias depois de Carlson ter sido expulso sem cerimônia da rede da qual foi o principal apresentador por anos.

O advogado de Burke negou anteriormente o envolvimento de seu cliente, dizendo que ele ‘nunca hackeou a Fox News’ e acrescentou: ‘Estamos confiantes de que quando todos os fatos forem revelados, será demonstrado que Timothy nunca hackeou ninguém e que todas as informações que ele forneceu eram acessíveis a o público.’

Will Sommer, do Washington Post, deu a notícia na quinta-feira, dizendo que uma audiência está marcada para as 14h.

Dias depois de sua demissão, vídeos nada lisonjeiros do ex-apresentador da Fox News, Tucker Carlson, vazaram online

As autoridades federais revistaram a casa de Burke no verão passado. A acusação federal é por conspiração para cometer hackers e está relacionada ao acesso de Burke a imagens não publicadas da Fox News.



Fuente