Arrancou a campanha eleitoral. Os líderes partidários viajam pelo país, num momento em que faltam duas semanas para as eleições legislativas. Rui Rocha não foi capaz de converter um socialista na sua adega, apesar deste admitir gostar da mudança, mas nunca para a direita.

Já o líder do Livre Rui Tavares, deparou-se com uma admiradora, só lhe faltou saber o nome do candidato. Ricardo Araújo Pereira expõe a “bagunça” generalizada, seja à esquerda ou à direita, umas pseudo, outras na totalidade.

No segundo segmento, o Ministro das Finanças, Fernando Medina, é o convidado de Ricardo Araújo Pereira para mais uma ronda de provocações relativas a Carlos Moedas, ao Caso Influencer e às diferenças entre o antigo presidente da Câmara de Lisboa e Pedro Nuno Santos. O que nos aguardará nas próximas duas semanas? Oiça aqui o programa emitido na SIC a 25 de fevereiro.

Nuno Raposa

TOMAS ALMEIDA

Na Realidade é Ficção

“Normalmente, as pessoas de quem a gente fala têm empregos a sério, ao contrário de nós. São ministros, empresários, banqueiros… Basicamente, o que a gente faz é gozar com quem trabalha” R.A.P. Ouça mais episódios:

Fuente