A NFL pode ser o esporte mais popular da América, mas neste fim de semana todos os olhos estarão voltados para a Filadélfia para a WrestleMania 40. Para comemorar, estamos dando a cada time da NFL seu próprio WWE Superstar.

Ursos de Chicago | Otis

Mesmo com 1,70 metro e 330 libras, a metade barbuda da Alpha Academy parece mais um ursinho de pelúcia do que um urso pardo. Mas com o USC QB Caleb Williams provavelmente a caminho de Chicago, um grappler como Otis ficaria muito bem no centro.

Comandantes de Washington | Ted Dibiase

Em 1989, o personagem “Million Dollar Man” de Dibiase comprou sua entrada no Royal Rumble usando a frase “Todo mundo tem um preço”. Para o novo proprietário, Joshua Harris, o preço dos Commanders foi de US$ 6,05 bilhões.

Cardeais do Arizona | Dominic Mysterio

Mysterio é tão impopular que os fãs da WWE gritam alegremente por ele sempre que ele tenta falar. Depois de receber uma nota D+ baixa na liga no mais recente Boletim da equipe de jogadores da NFLPAo proprietário do Cardinals, Michael Bidwill, também não vencerá nenhum concurso de popularidade.

Carneiros de Los Angeles | O Miz

Um autoproclamado A-lister, Mike “The Miz” Mizanin tem uma série de reality shows e filmes direto em DVD em seu crédito. Ele também compartilha um corte de cabelo com o técnico do Rams, Sean McVay.

Gigantes de Nova York | Donald Trump

Deixando a política de lado, o nova-iorquino nativo está, na verdade, no Hall da Fama da WWE. Procure.

Falcões de Atlanta | Bill Goldberg

Goldberg foi convocado pelos Rams em 1990 e passou dois anos no time como defensivo. Ele também passou um tempo com os Falcons e Panthers, mas é mais conhecido como duas vezes campeão mundial de pesos pesados ​​entre WCW e WWE.

Santos de Nova Orleans | Damian Priest

Como líder do “Dia do Julgamento”, Priest não é uma divindade, mas a coisa mais próxima da santidade no wrestling profissional.

Vikings de Minnesota | Brock Lesnar

Depois de anos de sucesso como lutador olímpico, lutador do UFC e Superstar da WWE, “The Beast Incarnate” fez o teste para o Minnesota Vikings em 2004, apesar de não jogar futebol desde o colégio. Ele apareceu em vários jogos da pré-temporada antes de ser dispensado no final do campo de treinamento.

Bucaneiros de Tampa Bay | Hulk Hogan

O duas vezes indicado ao Hall da Fama da WWE chamou Tampa Bay de casa desde que era apenas um pequeno Hulkamaníaco. Sua família mudou-se de Augusta, Geórgia, em 1954.

Leões de Detroit | Nikkita Lyons

Lyons atualmente atua pela marca NXT da WWE. Antes disso ela era conhecida como “Faith the Lioness” por três anos com Women of Wrestling (WOW).

São Francisco 49ers | George Kittle

O tight end do 49ers não apenas varreu Miz na WrestleMania 39, ele estreou recentemente um nova linha de roupas com obras de arte inspiradas em sua coleção de máscaras de luchador.

Cowboys de Dallas | Cody Rodes

Com apenas US$ 6,2 milhões em cap space e nenhum agente livre de primeira linha no horizonte, “America’s Team” está vivendo o “American Nightmare”.

Seahawks de Seattle | Falcão Guerreiro da Estrada

Michael James Hegstrand era metade do tag team conhecido como “Road Warriors” junto com “Road Warrior Animal”. Eles ganharam dois campeonatos de tag team na WWF e ambos foram incluídos no Hall da Fama da WWE em 2011.

Carolina Panteras | Velho Ric Flair

O residente de longa data da Carolina chamou sua filha igualmente famosa de Charlotte, mas recebeu ameaças de morte por dar uma palestra estimulante nos playoffs para o 49ers em 2014. Desde então, ele jurou lealdade ao Atlanta Falcons

Green Bay Packers | Lex Luger

Antes de seus anos na WCW e WWF, Luger passou toda a temporada de 1982 na reserva de lesões no Green Bay Packers. Ele até usou o número 66 de Ray Nitschke antes de ser aposentado.

Filadélfia Eagles | Roddy Piper

O maior heel da história do wrestling, Piper era o homem que você adorava odiar, um provocador falastrão. Aproveite a Wrestlemania, Filadélfia.



Fuente