O ganho médio real dos trabalhadores em Portugal tem crescido abaixo da produtividade. É o que conclui um estudo divulgado esta quarta-feira pelo Laboratório Colaborativo para o Trabalho, Emprego e Proteção Social (CoLabor) que analisa a correlação entre os salários e a produtividade nacional, entre 2013 e 2022. Segundo o relatório, no período considerado, o ganho médio real dos trabalhadores portugueses sofreu um incremento de 10,6%, enquanto a produtividade real aumentou 18,7%, mais 8,1 pontos percentuais.

Artigo Exclusivo para subscritores

Subscreva já por apenas 1,73€ por semana.

Já é Subscritor?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Fuente