(Foto de Mike Coppola/Getty Images para Bleacher Ball)

O Buffalo Bills acabou de negociar Stefon Diggs com o Houston Texans em uma das jogadas mais surpreendentes da entressafra.

Diggs estava frustrado com a forma como as coisas estavam indo em Buffalo, e a equipe finalmente decidiu deixá-lo ir.

Enquanto a equipe luta para encontrar um substituto para o receptor estrela, Chris Simms descreveu o principal motivo pelo qual Diggs foi negociado.

Simms discutiu isso em um tweet, dizendo: “A principal coisa que chama a atenção é que eles devem ter feito *tão* com Stefon Diggs para trocá-lo por esse retorno”.

Os Bills só receberam uma escolha de segundo turno em 2025 em troca de Diggs, compensação que Simms e outros analistas questionaram.

Diggs é visto como um dos melhores recebedores da liga, e os Bills precisariam de um bom motivo para aceitar esse tipo de acordo.

Simms indicou que a situação havia ficado muito complicada do ponto de vista dos Bills, não lhes deixando outra escolha a não ser obedecer.

Como Simms mencionou, os Bills o negociaram com outro time da AFC, acrescentando uma camada adicional a isso.

Josh Allen e os Bills trabalharam duro para melhorar seu status na conferência, e perder Diggs certamente não ajuda em suas chances de seguir em frente.

Além disso, com os texanos dando um grande salto na produção de 2022-2023 e o fato de Diggs estar agora no elenco, eles poderiam catapultar os Bills na classificação geral.

Ambas as equipes terão uma aparência muito diferente em 2024 do que em 2023.

Qual dessas novas escalações da AFC terminará o ano com um histórico melhor?

PRÓXIMO:
Stefon Diggs envia mensagem de adeus aos fãs do Bills



Fuente