Nuno Pereira lembra que este foi o seu primeiro teste de fogo fora do desporto e a experiência acabou por marcá-lo: “Costumo dizer que faço casamentos e funerais. Tanto estou num programa de festa no Verão [Olhá Festa, da SIC] como vou para uma guerra [Ucrânia] ou um terramoto.” No caso do Haiti, esteve oito dias em reportagem: “O país cheirava a morte. Eram 300 mil corpos a céu aberto com 40 graus. Os corpos eram carregados com pás de máquinas. Tinha 250 euros no bolso e não conseguia comprar comida. Não havia nada. Ali soube o que era, verdadeiramente, ter fome. Senti fome ao fim de dois dias sem ter nada para comer.”

Tiago Pereira Santos

Expresso da Manhã

SIC Notícias

O futebol é o ponto de partida nestas conversas sem fronteiras ou destino agendado. Todas as semanas, sempre à quinta-feira, Luís Aguilar entra em campo com um convidado diferente. O jogo começa agora porque Ontem Já Era Tarde.

José Fernandes

Fuente