Os jogos envolvem pequenas margens. Esteja você procurando investir em um novo mouse, teclado ou monitor para jogos, o objetivo é o mesmo: melhorar sua experiência geral e obter vantagem competitiva sobre seus oponentes. Não importa quão pequenas sejam as variáveis, você está nisso para vencer.

O mesmo vale para SSDs. São poucos, mas esses dispositivos podem ter um impacto significativo no seu sistema de jogo. É quase certo que é hora de fazer um upgrade.

Mas se você não diferencia os SSDs dos RPGs, nem sempre é fácil escolher o modelo certo para você. É aí que entramos. Escolhemos uma seleção dos melhores SSDs e reunimos algumas informações úteis.

O que é um SSD?

Unidades de estado sólido (SSDs) são unidades de armazenamento de acesso aleatório totalmente eletrônicas e não voláteis. Os SSDs são usados ​​como armazenamento interno em smartphones, tablets e laptops e são cada vez mais encontrados em vez de discos rígidos em computadores desktop. Isso ocorre porque eles funcionam mais rápido, o que significa que o sistema operacional de um dispositivo será inicializado mais rapidamente, os programas serão carregados mais rapidamente e os arquivos poderão ser salvos quase instantaneamente.

Você precisa de um SSD para jogos?

A resposta curta é “não, não necessariamente”. Se você já está equipado com CPU, RAM, GPU e armazenamento decentes, não deverá ter problemas com seu sistema de jogo. No entanto, se você realmente deseja extrair tudo o que puder de sua experiência, poderá se beneficiar investindo em um SSD compatível com jogos.

Adicionar um SSD resultará em tempos de carregamento de jogo mais rápidos, tempos de inicialização de jogo aprimorados e jogabilidade geral mais suave. E quem não quer isso?

Você precisa de um SSD para um PS5?

Neste caso, dizemos “sim”. Especialmente se você leva a sério os jogos do PS5. O PS5 vem equipado com apenas 667 GB de armazenamento interno utilizável. Isso não apenas será preenchido em pouco tempo, mas estamos apenas arranhando a superfície dos jogos do PS5. Isso significa muitos jogos, campanhas e dados dos quais você precisará de armazenamento extra para desfrutar.

Como funciona um SSD?

Ao contrário de uma unidade de disco rígido, um SSD é composto de dois componentes principais – um controlador e chips de memória flash. O SSD lê e grava dados nesses chips de memória flash. Se tudo isso parece confuso, aqui está um guia rápido para alguns dos jargões que você encontrará ao pesquisar SSDs:

  • Resistência Refere-se ao máximo de dados que podem ser gravados em um SSD, geralmente medido por DWPD (gravações na unidade por dia).

  • Memória flash — Um tipo de armazenamento de dados não volátil. Basicamente, significa que retém dados mesmo quando a fonte de alimentação está desligada.

  • Dissipador de calor Um dissipador de calor transfere calor do seu SSD. Um dissipador de calor pode ser integrado ao seu SSD ou adquirido separadamente.

  • IOPS Também conhecidas como operações de entrada/saída por segundo. Essencialmente, o número máximo de leituras/gravações que um SSD pode realizar por segundo.

  • Velocidades de leitura/gravação Esta é a rapidez com que o SSD leva para abrir um arquivo no seu dispositivo (ou seja, leitura) e a rapidez com que ele salva dados no SSD (gravações). Isso é medido em MB/s (megabits por segundo).

Sabemos que é muito para absorver, mas prometemos que não é tão complicado. Tenha esses pontos em mente ao considerar as opções disponíveis.

Qual é o melhor SSD para jogos?

Você tem muitas opções quando se trata de SSDs. Existem muitas marcas reconhecidas que produzem dispositivos de alta qualidade que podem melhorar significativamente a sua experiência de jogo. Para ajudá-lo a encontrar a melhor opção para o seu sistema, reunimos uma seleção dos melhores SSDs para jogos.

Estes são os melhores SSDs para jogos em 2024.



Fuente