A Intel lançou um novo software para PCs com Windows chamado Thunderbolt Share na quarta-feira. Isso aprimora ainda mais as experiências de conectividade PC a PC quando dois dispositivos estão conectados pelas tecnologias Thunderbolt 4 ou Thunderbolt 5.

O Thunderbolt Share utiliza a alta largura de banda e a baixa latência da tecnologia Thunderbolt para oferecer experiências como compartilhamento de tela não compactado, juntamente com suporte para entrada compartilhada de mouse e teclado entre os PCs. Essa tecnologia também permite aos usuários transferir dados entre PCs arrastando e soltando.

O Thunderbolt Share também afirma oferecer flexibilidade entre dois PCs, onde eles podem ser conectados diretamente ou por meio de um dock Thunderbolt ou por meio de um monitor Thunderbolt. Também é compatível entre PC de mesa para PC de mesa, PC de mesa para laptop e laptop para laptop. Segundo a Intel, o Thunderbolt Share também pode ser usado durante a transferência de dados para um novo PC.

O compartilhamento de tela via Thunderbolt Share pode oferecer baixa latência entre dispositivos com suporte para espelhamento de tela com resolução de até 1080p a 60fps. Como a tecnologia Thunderbolt Share funciona conectando-se fisicamente aos dispositivos, ela não afeta o desempenho da rede dos PCs.

A Intel também afirma que o Thunderbolt Share fornece uma conexão segura entre PCs, pois é uma conexão com fio ponto a ponto, e também fornece proteção de dados baseada em Intel VT-d com suporte para bloqueio de senha. Ele também oferece controle de acesso de nível empresarial.

Oferta festiva

Para usar o Thunderbolt Share, é necessário um PC com Windows compatível com a tecnologia Thunderbolt 4/5 ou um dock compatível com Thunderbolt com licença para Thunderbolt Share em pelo menos um dispositivo. Usuários com PCs compatíveis com Thunderbolt podem baixar o software Thunderbolt Share gratuitamente, e o software deve ser instalado em ambos os dispositivos.

Atualmente, a Intel fez parceria com OEMs como MSI, Lenovo, Acer, Belkin e outros para Thunderbolt Share, e o serviço estará disponível para usuários nos próximos meses.




Fuente