Após a invasão em grande escala da Ucrânia pela Rússia em Fevereiro de 2022, cerca de 100.000 russos encontraram refúgio na vizinha república do Cáucaso, a Geórgia. Muitos continuam a trabalhar no setor de serviços de TI para empresas russas. Outros abriram seus próprios negócios. A maioria expressa a sua solidariedade para com os milhares de georgianos que se manifestam contra a lei sobre “influência estrangeira” que foi aprovada pelo parlamento da Geórgia na terça-feira.

Fuente