Home Estilo de Vida Crítica da 4ª temporada de The Boys: A série de super-heróis fica...

Crítica da 4ª temporada de The Boys: A série de super-heróis fica atolada na miséria

32
0

Butcher sempre foi um anti-herói, e um grande tema ao longo de toda a série é se ele arrastará ou não Hughie (Jack Quaid) ao seu nível. Hughie, Frenchie (Tomer Capone), Annie (Erin Moriarty), Mother’s Milk (Laz Alonso) e Kimiko (Karen Fukuhara) compõem o resto dos meninos, e eles são todos os tipos de personagens que você não pode deixar de torcer para. Eles são pessoas complexas e imperfeitas, e a 4ª temporada realmente destaca essas falhas e os leva a crescer ou a fechar completamente. É bastante compreensível não querer enfrentar as coisas dolorosas do passado, o que ajuda a fundamentar os personagens superpoderosos e até faz com que os humanos pareçam um pouco mais reais, embora não seja exatamente agradável de assistir. O bondoso Hughie acaba sofrendo mais do que tudo, e de uma forma que parece quase desnecessariamente injusta, o que pode manchar o resto da temporada para alguns públicos.

Também temos mais um pouco da história de Homelander e, embora seja tão brutalmente desagradável quanto o resto das viagens pela memória nesta temporada, também nos ajuda a entender exatamente por que ele é do jeito que é e oferece um vislumbre de por que ele é tão protetor com Ryan. A humanização de Homelander enquanto Butcher se torna mais monstruoso sempre foi um elemento da série, mas a 4ª temporada parece que finalmente está levando essa ideia para sua conclusão final.

Fuente

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here