Home Tecnologia Governadores do Sul/Oeste adotam hino comum para a região

Governadores do Sul/Oeste adotam hino comum para a região

37
0

O Fórum dos Governadores do Sudoeste adotou um hino comum para a região.

O hino é uma canção popular composta por Afenifere, grupo sociocultural iorubá, intitulada: “Ise wa fun ile wa”. Isto fazia parte da resolução de 11 pontos adoptada num comunicado assinado por todos os seis governadores da região numa reunião, que teve lugar em Lagos, na segunda-feira.

Na reunião realizada à porta fechada, o Governador Babajide Sanwo-Olu, o anfitrião, foi eleito por unanimidade para liderar o fórum como presidente.

Estiveram presentes na reunião os Governadores Seyi Makinde (Oyo), Dapo Abiodun (Ogun), Lucky Aiyedatiwa (Ondo), Ademola Adeleke (Osun), Biodun Oyebanji (Ekiti) e Sanwo-Olu.

Os governadores que analisaram a segurança em toda a região reiteraram o seu apelo à criação de uma polícia estatal para reforçar ainda mais a segurança na região.

Para expandir a produção alimentar e o desenvolvimento agrícola, o fórum orientou os Comissários da Agricultura dos respectivos estados a reunirem-se imediatamente e desenvolverem um modelo agrícola abrangente que alavancasse a vantagem comparativa de cada estado.

“O Fórum dos Governadores do Sudoeste, na sua reunião de hoje, 10 de junho de 2024, deliberou extensivamente sobre questões contemporâneas nos Estados do Sudoeste e resolveu elogiar o Presidente Bola Ahmed Tinubu, GCFR pela inauguração da Estrada Costeira Lagos-Calabar, e a estrada proposta de Lagos a Sokoto. Nós, no entanto, encorajamos o Governo Federal a reabilitar outras infra-estruturas federais na região.

“No que diz respeito à segurança, o Fórum elogia a relativa paz na região Sudoeste e regista a colaboração entre todas as agências de segurança e o Corpo Amotekun. Reafirmamos nosso total apoio à Polícia Estadual. Reconhecemos os esforços do Governo Federal para fortalecer a segurança alimentar. Decidimos que os Comissários da Agricultura de todos os estados do Sudoeste devem começar a reunir-se e estabelecer um modelo de trabalho, que garantirá a colaboração baseada na vantagem comparativa de cada Estado”, disse Sanwo-Olu que leu a resolução de 11 pontos.

Condenaram as actividades dos agitadores da Nação Yoruba, afirmando que a região continuava a ser parte integrante da Nigéria.

“O Fórum concorda em fortalecer a Comissão DAWN em eficiência operacional e incumbe a Comissão de se concentrar na integração económica, cooperação e promoção de investimentos dos estados do Sudoeste. Para esse efeito, cada Estado é mandatado para nomear um ponto focal do Estado”, acrescentou Sanwo-Olu.

Fuente

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here