Home Entretenimento 10 migrantes mortos, dezenas de desaparecidos após dois naufrágios na Itália

10 migrantes mortos, dezenas de desaparecidos após dois naufrágios na Itália

10 migrantes mortos, dezenas de desaparecidos após dois naufrágios na Itália

Um dos 12 sobreviventes morreu após desembarcar, disse a guarda costeira.

Roma:

Dez migrantes morreram e dezenas de outros estão desaparecidos após dois naufrágios ao largo da Itália, disseram uma instituição de caridade de resgate de migrantes e a guarda costeira na segunda-feira.

Equipes de resgate que vieram em auxílio de migrantes em um barco de madeira ao largo de Lampedusa encontraram 10 corpos abaixo do convés, postou o grupo de ajuda alemão ResQship no X.

A tripulação a bordo do navio ResQship, o Nadir, “está atualmente cuidando de 51 pessoas a bordo. O resgate chegou tarde demais para 10 pessoas”, disse a instituição de caridade alemã.

“Um total de 61 pessoas estavam no barco de madeira, que estava cheio de água. Nossa tripulação conseguiu evacuar 51 pessoas, duas das quais estavam inconscientes – elas tiveram que ser libertadas com um machado”, afirmou.

“Os 10 mortos estão no convés inferior inundado do barco”, acrescentou.

Enquanto isso, a guarda costeira italiana disse que estava procurando pessoas ao mar na Calábria após outro naufrágio, com relatos da mídia afirmando que até 60 migrantes estavam desaparecidos, segundo os sobreviventes.

A guarda costeira disse que desde ontem à noite está à procura de “possíveis desaparecidos, na sequência do naufrágio de um barco à vela com migrantes a bordo, presumivelmente partindo da Turquia”.

Os esforços de resgate começaram depois de “um ‘mayday’ de um barco de recreio francês navegando ao largo da costa italiana”, afirmou.

O navio francês alertou as autoridades para “a presença do barco meio afundado” antes de embarcar os 12 migrantes sobreviventes.

Eles foram então transferidos para um barco da guarda costeira italiana, que os levou à cidade de Roccella Ionica, no sul da Itália.

Um dos 12 sobreviventes morreu após desembarcar, disse a guarda costeira.

Cerca de 50 migrantes desapareceram após o naufrágio, segundo a agência de notícias ANSA, enquanto a Rádio Radicale estimou o número em 64, acrescentando que os perdidos no mar eram do Afeganistão e do Irão.

(Exceto a manchete, esta história não foi editada pela equipe da NDTV e é publicada a partir de um feed distribuído.)

Esperando por resposta para carregar…

Fuente