Home Entretenimento Rangel diz que Portugal tem “papel mediador importante” que não pode ser...

Rangel diz que Portugal tem “papel mediador importante” que não pode ser posto em causa pelo reconhecimento da Palestina

O ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE) diz que o Governo Português está disponível para reconhecer o Estado da Palestina, mas defende que neste momento esse não é o caminho mais benéfico. “Enquanto esta decisão [de adiar reconhecimento] seja útil e estiver a produzir resultados positivos, vamos mantê-la”, afirmou Paulo Rangel em audição no Parlamento esta terça-feira.

“É uma questão que estamos a avaliar permanentemente”, garante. E “não vamos esperar para que estejam cumpridos no terreno os critérios jurídicos”. Contudo, sendo uma “carta que só se pode jogar uma vez” e tendo Portugal muito “capital” na defesa da solução dos dois Estados dentro da União Europeia neste momento, importa fazer esse reconhecimento quando produzir os maiores resultados possíveis.

Já é Subscritor?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Fuente