Home Esportes Os problemas de ataque da Inglaterra são expostos enquanto os Three Lions...

Os problemas de ataque da Inglaterra são expostos enquanto os Three Lions marcam a data da final da Eurocopa com a Espanha

Os problemas de ataque da Inglaterra são expostos enquanto os Three Lions marcam a data da final da Eurocopa com a Espanha

Enquanto isso, a Holanda foi eliminada de cinco das seis semifinais do Campeonato Europeu, a primeira desde 2004.

Um gol da vitória do substituto Ollie Watkins aos 90 minutos impulsionou a Inglaterra para a Euro 2024 final, garantindo uma vitória de 2 a 1 sobre a Holanda em Dortmund na quarta-feira. A partida começou com um começo promissor para os holandeses, com Xavi Simons abrindo o placar, mas Harry Kane empatou com um pênalti controverso logo depois.

Apesar das críticas por suas substituições na Alemanha, a decisão do técnico da Inglaterra, Gareth Southgate, de colocar Watkins em campo valeu a pena. Nos momentos finais, Watkins deu um chute rasteiro em Bart Verbruggen, dando à Inglaterra uma rara vitória sobre a Holanda. A Inglaterra agora enfrentará a Espanha na final de domingo em Berlim, deixando para trás a negatividade enfrentada nas últimas semanas e ansiosos por uma segunda final consecutiva do Campeonato Europeu.

Xavi Simons dá esperança à Holanda

A Inglaterra havia vencido apenas um dos últimos nove encontros com a Holanda em todas as competições, tornando esta vitória ainda mais significativa. O jogo não começou bem para a Inglaterra, já que Simons, com 21 anos e 80 dias de idade, se tornou o segundo jogador mais jovem a participar de uma semifinal de torneio importante para os holandeses. Ele demonstrou seu talento ao desapossar Declan Rice e lançar um chute soberbo passando por Jordan Pickford no canto superior, marcando o gol mais cedo em uma semifinal do Campeonato Europeu desde o gol de Alan Shearer na Euro 96.

Harry Kane aparece na hora certa

Kane respondeu com um chute de longa distância defendido por Verbruggen, seguido de um pênalti após Denzel Dumfries fazer falta nele. O pênalti perfeito de Kane não apenas empatou o jogo, mas também o tornou o artilheiro da Euro 2024 e o principal jogador europeu em gols em fases eliminatórias em grandes torneios, superando lendas como Gerd Müller e Miroslav Klose.

Phil Foden teve a chance de colocar a Inglaterra na frente, mas seu esforço foi defendido por Verbruggen e afastado da linha por Dumfries. O lateral-direito holandês quase marcou do outro lado, acertando o travessão com uma cabeçada, enquanto Foden acertou a trave a mais de 20 jardas logo depois. A pressão ofensiva da Inglaterra era evidente, igualando seu maior número de chutes a gol no torneio aos 39 minutos.

O segundo tempo começou com mudanças de ambos os técnicos, incluindo Luke Shaw substituindo Kieran Trippier pela Inglaterra. O jogo se acalmou significativamente, com o primeiro chute a gol no tempo vindo de Virgil van Dijk no minuto 65, que foi defendido por Pickford.

Wout Weghorst fez sua presença ser sentida pelos holandeses, concedendo várias faltas, mas a intensidade da Inglaterra caiu no segundo tempo. Southgate fez substituições tardias, colocando Watkins e Cole Palmer, com o possível gol de Saka sendo anulado por impedimento.

Watkins se torna o herói da Inglaterra na semifinal da Euro 2024

Conforme a partida se aproximava do fim, Watkins capitalizou um passe de Palmer, manobrando habilmente passando por Stefan de Vrij e marcando com um chute preciso no minuto 90. Este gol, aos 89:59, tornou-se o último gol da vitória em uma semifinal no Campeonato Europeu ou Copa do Mundo (excluindo a prorrogação). Foi o único chute a gol da Inglaterra no segundo tempo, mas garantiu sua vaga na final.

Esta vitória marca a Inglaterra como o primeiro time na história do Campeonato Europeu a chegar à final depois de ficar atrás nas quartas de final e na semifinal. Enquanto isso, a Holanda foi eliminada de cinco de suas seis aparições nas semifinais do Campeonato Europeu, a primeira desde 2004.

Escolha do Editor




Fuente