Home Notícias ASSISTA dois aviões quase colidem nos EUA

ASSISTA dois aviões quase colidem nos EUA

ASSISTA dois aviões quase colidem nos EUA

Dois jatos transportando 159 pessoas chegaram a segundos do desastre sobre o Aeroporto de Syracuse

A Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA) abriu uma investigação depois que dois jatos comerciais chegaram perigosamente perto de uma colisão no ar no norte do estado de Nova York na segunda-feira. Imagens de câmera de painel capturaram o momento em que os aviões cruzaram os caminhos um do outro.

O incidente ocorreu nos céus acima do Aeroporto Internacional de Syracuse Hancock na manhã de segunda-feira, enquanto o voo 5511 da American Airlines estava chegando para o pouso, e o voo 5421 da Delta Air Lines estava decolando da mesma pista. As duas aeronaves Bombardier CRJ700 transportavam um total de 159 pessoas.

Imagens de uma câmera de painel capturadas por um carro da polícia no solo mostraram os jatos convergindo rapidamente para as trajetórias de voo um do outro, antes que o piloto da American Airlines se virasse para evitar o avião que descia abaixo dele.

Ambos os aviões foram liberados para usar a Pista 28 no aeroporto, de acordo com o áudio do controle de tráfego aéreo postado no LiveATC.net. Conforme os jatos se aproximavam, uma voz diferente perguntou ao controlador “quem está liberado para decolar no dia 28?” O controlador pode então ser ouvido dizendo ao piloto americano para “dar a volta.”

De acordo com a CBS News, o piloto da American Airlines subiu antes de virar à direita, um movimento que fez o avião perder alguma altitude. Após a curva, o voo 5511 estava apenas 675 pés (205 metros) acima do voo 5421, e 425 pés (129 metros) fora de seu caminho.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Boeing se declarará culpada de fraude

A FAA disse na quarta-feira que estava investigando o incidente, e a Delta confirmou à CBS que cooperaria com a investigação. A American Airlines reconheceu a investigação, mas não fez nenhum comentário.

O quase acidente é o mais recente de uma série de acidentes em aeroportos americanos. Na segunda-feira, um Boeing 757 da United Airlines perdeu uma roda ao decolar do Aeroporto Internacional de Los Angeles, antes de finalmente pousar com segurança em Denver, Colorado. Em janeiro, um Boeing 737 MAX 9 operado pela Alaska Airlines perdeu um pedaço de sua fuselagem no ar logo após a decolagem de Portland, Oregon. A produção da empresa despencou à medida que vários outros problemas de segurança foram tornados públicos nos meses seguintes.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:



Fuente