Home Esportes Darwin Nunez salta para a multidão e dá socos nos fãs da...

Darwin Nunez salta para a multidão e dá socos nos fãs da Colômbia enquanto o caos se instala na Copa América

Darwin Nunez salta para a multidão e dá socos nos fãs da Colômbia enquanto o caos se instala na Copa América

Enquanto o Uruguai agora enfrentará o Canadá na disputa pelo terceiro lugar, o incidente pós-jogo lança uma sombra sobre o torneio. A CONMEBOL, o órgão dirigente do futebol sul-americano, precisará investigar a altercação e determinar se alguma ação disciplinar será tomada contra jogadores ou oficiais.

A semifinal da Copa América entre Colômbia e Uruguai na noite de quarta-feira terminou de forma dramática em campo, mas foram as cenas que se seguiram ao apito final que realmente roubaram as manchetes.

Violência nas arquibancadas da Copa América

A Colômbia emergiu vitoriosa após uma vitória suada por 1 a 0 garantida por uma cabeçada de Jefferson Lerma após um cruzamento de James Rodriguez. No entanto, as comemorações foram interrompidas quando uma altercação violenta irrompeu nas arquibancadas onde torcedores uruguaios e colombianos estavam misturados.

Darwin Nunez no centro da tempestade

O atacante do Liverpool Darwin Nunez, uma figura proeminente durante todo o torneio pelo Uruguai, se viu no centro do caos. Imagens mostram Nunez e seus companheiros entrando nas arquibancadas, onde um choque com torcedores colombianos aconteceu.

A Associated Press informou que levou mais de 10 minutos para a polícia retomar o controle, com o locutor pedindo aos torcedores que deixassem o estádio.

Luta nas arquibancadas da Copa América

Replays de vídeo pintaram um quadro perturbador. Jogadores e fãs foram vistos trocando golpes, com o que pareciam ser socos sendo lançados entre a multidão. Objetos, incluindo bebidas, comida e outros projéteis, também foram lançados de um lado para o outro entre as facções opostas.

Incertezas permanecem na CONMEBOL

Enquanto o Uruguai agora enfrentará o Canadá na disputa pelo terceiro lugar, o incidente pós-jogo lança uma sombra sobre o torneio. A CONMEBOL, o órgão dirigente do futebol sul-americano, precisará investigar a altercação e determinar se alguma ação disciplinar será tomada contra jogadores ou oficiais.

Enquanto isso, a Colômbia tentará deixar esse incidente para trás enquanto se prepara para enfrentar a Argentina de Lionel Messi na final de domingo.

Escolha do Editor




Fuente