Home Mundo Neste dia da história, 11 de julho de 1804, Aaron Burr fere...

Neste dia da história, 11 de julho de 1804, Aaron Burr fere mortalmente Alexander Hamilton em duelo

Inscreva-se na Fox News para ter acesso a este conteúdo

Além de acesso especial a artigos selecionados e outros conteúdos premium com sua conta – gratuitamente.

Ao inserir seu e-mail e clicar em continuar, você concorda com os Termos de Uso e a Política de Privacidade da Fox News, que inclui nosso Aviso de Incentivo Financeiro.

Por favor insira um endereço de e-mail válido.

Aaron Burr, que servia como vice-presidente do presidente Thomas Jefferson, feriu mortalmente Alexander Hamilton, o primeiro secretário do Tesouro, em um duelo de pistolas neste dia da história, 11 de julho de 1804.

Burr tinha uma longa rivalidade politicamente motivada com Hamilton.

A rivalidade culminou em um pedido de duelo de Burr.

NESTE DIA NA HISTÓRIA, 10 DE JULHO DE 1856, NASCE O INVENTOR NIKOLA TESLA: ‘ALTO INTERESSE PELA NATUREZA’

“Portanto, senhor”, escreveu Burr a Hamilton, “você me convidou para o curso que estou prestes a seguir, e agora seu silêncio me impõe isso”.

Embora o duelo fosse ilegal tanto em Nova Jersey quanto em Nova York, em Nova Jersey ele tinha uma pena menos severa, observa o site do Serviço Nacional de Parques.

Burr e Hamilton concordaram em um duelo em Weehawken, Nova Jersey, na manhã de 11 de julho de 1804.

Durante um duelo com Aaron Burr, Alexander Hamilton foi mortalmente ferido neste dia da história, 11 de julho de 1804. (Imagens Getty)

Três anos antes, o filho mais velho de Hamilton, Philip, morreu em um duelo no mesmo local, disse o Serviço de Parques Nacionais.

NESTE DIA NA HISTÓRIA, 17 DE FEVEREIRO DE 1801, JEFFERSON É ELEITO PRESIDENTE ENQUANTO A POLÍTICA DO PARTIDO DIVIDE A NOVA NAÇÃO

Nathaniel Pendleton, ex-juiz federal, serviu como “segundo” de Hamilton no duelo.

O segundo de Burr foi William Van Ness, que serviria como juiz do Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York de 1814 até sua morte em 1826, disse o Serviço de Parques Nacionais.

O que aconteceu durante o duelo em si é obscuro.

O papel do “segundo” era carregar as pistolas e “representar seus princípios ao outro partido, além de atuar como assistentes de campo”.

NESTE DIA NA HISTÓRIA, 4 DE AGOSTO DE 1790, A GUARDA COSTEIRA É ESTABELECIDA POR ALEXANDER HAMILTON

Um médico, Dr. David Hosack, estava presente no local.

O que aconteceu durante o duelo em si é obscuro, já que todos os presentes se viraram para manter algum senso de negação e evitar consequências legais, de acordo com o site do History Channel.

escultura em preto e branco do duelo Hamilton/Burr

Alexander Hamilton — em 11 de julho de 1804 — foi atingido no abdômen pelo primeiro (e único) tiro de Burr no duelo. Ele morreu no dia seguinte. (Imagens Getty)

“Quem atirou primeiro é um mistério, e vários relatos relatam diferentes versões da história”, disse o Serviço de Parques Nacionais.

“Mas o que é consistente no registro é que houve dois tiros ouvidos com segundos de diferença.”

O chute de Hamilton errou Burr completamente.

Os próprios escritos de Hamilton antes do duelo sugeriam que ele erraria Burr de propósito.

Burr atingiu Hamilton no abdômen, e Hamilton caiu no chão.

Os próprios escritos de Hamilton antes do duelo sugeriam que ele erraria Burr de propósito.

ARTISTA DE NOVA YORK SE TORNA VIRAL COM NOTA DE US$ 10 MOSTRANDO O ROSTO DE LIN-MANUEL MIRANDA COMO ‘HAMILTON’

“Resolvi reservar e jogar fora meu primeiro fogo, e estou pensando em até mesmo reservar meu segundo fogo”, escreveu ele.

Pendleton teria confirmado a intenção de Hamilton de não acertar Burr no primeiro arremesso.

reconstituição do duelo burr/hamilton

Antonio Burr, à esquerda, descendente do primo de Aaron Burr, se prepara para “duelar” com Douglas Hamilton, à direita, quinto bisneto de Alexander Hamilton, durante uma encenação que marca o 200º aniversário do duelo entre Alexander Hamilton e Aaron Burr em 11 de julho de 2004, em Weehawken, Nova Jersey. (Imagens Getty)

Hamilton não teve a chance de decidir o que fazer com seu segundo tiro: o duelo havia acabado.

Pendleton correu para o lado de Hamilton; os dois logo foram acompanhados por Hosack.

Hamilton, ainda consciente, teria dito a Hosack: “Este é um ferimento mortal, doutor”.

Infelizmente, a autoavaliação de Hamilton se mostraria correta.

NESTE DIA NA HISTÓRIA, 4 DE JULHO DE 1802, A ACADEMIA MILITAR DOS EUA ABRE EM WEST POINT

O Pai Fundador ferido foi levado para Manhattan, para a casa de seu amigo William Bayard Jr., disse o Serviço de Parques Nacionais.

“Eliza e as crianças, que estavam oito milhas ao norte em The Grange, foram enviadas. Elas chegaram à casa de Bayard a tempo para uma despedida final”, disse o site.

O elenco de Hamilton na noite de estreia

Leslie Odom Jr., Phillipa Soo, Lin-Manuel Miranda, Christopher Jackson e elenco na noite de abertura de “Hamilton” na Broadway em 2015. (Imagens Getty)

Hamilton morreu em 12 de julho de 1804, aos 47 anos.

“Poucos casos de honra realmente resultaram em mortes, e a nação ficou indignada com o assassinato de um homem tão eminente quanto Alexander Hamilton”, observou o History Channel.

“Acusado de assassinato, Burr, ainda vice-presidente, retornou a Washington, DC, onde terminou seu mandato [as vice president] imune a processos judiciais.”

O legado de Hamilton continuou até os séculos XX e XXI.

Em 1918, sua imagem foi colocada na nota de US$ 1.000, disse o Programa de Educação Monetária dos EUA.

NESTE DIA NA HISTÓRIA, 21 DE SETEMBRO DE 1780, BENEDICT ARNOLD TRAI A CAUSA DA INDEPENDÊNCIA AMERICANA

“Essas notas não circulavam entre o público e eram usadas apenas para grandes transações entre os Bancos da Reserva Federal”, disse o site do Programa de Educação Monetária dos EUA.

Dez anos depois, o rosto de Hamilton foi colocado em uma nota muito mais comumente usada: a nota de US$ 10, informou o mesmo site.

Para mais artigos de estilo de vida, visite www.foxnews.com/lifestyle

Em 2015, o Departamento do Tesouro anunciou que a imagem de Hamilton seria removida da nota de US$ 10 em favor de uma imagem de Harriet Tubman.

No ano seguinte, essa decisão foi revertida — e Tubman iria substituir o rosto do presidente Andrew Jackson na nota de US$ 20.

Uma folha sem cortes de muitas notas de $ 10

O retrato de Alexander Hamilton está na nota de US$ 10 desde 1928. (Imagens Getty)

Embora não tenha sido confirmado que o grande sucesso do musical da Broadway “Hamilton” de 2015 tenha sido responsável pela permanência de seu personagem titular na nota de US$ 10, o criador do espetáculo, Lin-Manuel Miranda, disse à Fox News Latino que a situação era “louca”.

CLIQUE AQUI PARA OBTER O APLICATIVO FOX NEWS

“O que eu vou te dizer é que a primeira pessoa a colocar mulheres na moeda foi Alexander Hamilton. Ele colocou Lady Liberty na primeira moeda dos EUA — antes de todos vocês”, ele disse à Fox News Latino em 2016.

“Então acho que ele ficaria feliz que as mulheres estivessem sendo representadas em nossa moeda.”

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NA NOSSA NEWSLETTER SOBRE ESTILO DE VIDA

“Hamilton” retrata a vida de Alexander Hamilton em dois atos, incluindo como diversas outras figuras históricas influenciaram sua vida.

Foi baseado na biografia de 2004 “Alexander Hamilton”, de Ron Chernow.

Fuente