Home Estilo de Vida Shelley Duvall, estrela lendária de The Shining e 3 Women, morre aos...

Shelley Duvall, estrela lendária de The Shining e 3 Women, morre aos 75 anos

Shelley Duvall foi descoberta por Robert Altman durante a produção de “Brewster McCloud”, quando ela estava estudando nutrição e terapia dietética e no South Texas Junior College. Como diz a lenda — Altman e os membros da produção do filme ficaram impressionados com sua beleza única e a convidaram para um teste de tela. Ela fez sua estreia na tela no filme como a guia turística do Astrodome que se tornou o interesse amoroso do titular e recluso Brewster de Bud Cort. Seu relacionamento com Altman continuaria em “McCabe & Mrs. Miller”, “Thieves Like Us”, “Nashville”, “Buffalo Bill and the Indians, or Sitting Bull’s History Lesson”, “Popeye” e, claro, “3 Women”. Este último é amplamente considerado o melhor trabalho de Duvall e com razão. Ela foi transcendente, magnética e completamente inesquecível no papel de Millie Lammoreaux. Pode-se argumentar que é a personagem que entendeu o que tornava Duvall tão especial.

Mas como é o caso de qualquer um que estrelou um filme de terror que molda o gênero, Shelley Duvall se tornou sinônimo de sua atuação em “The Shining”, uma das principais performances de terror, apesar dos métodos questionáveis ​​de direção de Kubrick. Sua interpretação destemida estabeleceu o padrão para mulheres torturadas na tela, mas ela era muito mais do que Wendy Torrance. Duvall é um testamento de resiliência, já que Hollywood e a indústria do entretenimento nem sempre foram gentis com ela. Sua aparição em “Dr. Phil” em 2016 é uma das entrevistas mais exploradoras de sua carreira (e isso quer dizer alguma coisa), mas Duvall não deve ser definida por suas dificuldades.

Shelley Duvall trouxe um senso de capricho e paixão sincera a tudo o que fez, e ela merece ser lembrada como uma presença singular. Havia algo etéreo em Shelley Duvall, fazendo seu “Faerie Tale Theatre” parecer como se fosse Duvall finalmente nos dizendo que ela realmente era mágica.

Fuente