Economia e Finanças corta 4.6 do Orçamento Municipal de Quelimane

Quelimane_Conselho_Municipal_9513364135-300x225 Economia e Finanças corta 4.6 do Orçamento Municipal de Quelimane

Edifício do Conselho Municipal de Quelimane

Quelimane (Txopela) – Devido a conjuntura económica que o País atravessa justifica a Direcção Provincial de Economia e Finanças da Zambézia foi necessário o corte do bolo orçamental destinado ao Conselho Municipal de Quelimane na ordem de 3 milhões de meticais referente ao FIA (Fundo de Investimento Autárquico) apurou o Jornal Txopela de fontes daquela instituição.

O fundo em referência é destinado a questões como construção de infra-estruturas, aquisição de meios de transportes e abertura ou melhoramento de vias de acesso ao nível da Autarquia, o corte poderá impactar negativamente no cumprimento das metas do governo municipal de Quelimane, explica uma fonte ligada ao departamento de finanças no Conselho Municipal.

O corte obrigará ao Conselho Municipal local a procurar meios de tornar sustentáveis os seus programas e actividades, através do aumento de receitas, pelo alargamento da base tributária, da eficácia do sistema de cobrança de impostos e taxas junto dos munícipes numa altura em que regista-se um decréscimo assinalável na arrecadação de receitas ao nível dos mercados.

Conteúdo completo, disponível para assinantes

Leia:  Criminalidade em Quelimane: Edil insta as autoridades policiais a redobrarem esforços
LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas