Milange já tem uma padaria convencional

Sarmento Piloto/Milange

Milange-300x225 Milange já tem uma padaria convencionalQuelimane (Txopela) – A vila de Milange conta desde o dia 10 do corrente mês com uma padaria convencional, projecto de um cidadão natural daquele distrito autárquico.

Trata-se da “Padaria Milange” um empreendimento concebido para acabar com a procura de pão de qualidade que o distrito carecia já há várias décadas. Anteriormente os munícipes consumiam o pão caseiro vulgo, manhalo, e pão integral importado da vizinha República do Malawi vizinho Malawi. Para além destas fontes alguns encomendavam do distrito de Mocuba e Quelimane.

O empreendimento foi inaugurado pelo timoneiro daquele distrito fronteiriço, Mário Magaza.Na ocasião, Magaza exortou para que o espírito de empreendedorismo continue, “peço aos empresários para que continuem a empreender cada vez mais, porque este é o vector do desenvolvimento e combate à pobreza” – disse.

Por seu turno, Felisberto Mvua, edil de Milange, elogiou a iniciativa do jovem empreendedor e sublinhou, “o pão é de alta qualidade, mas isso não anula o valor do outro pão “caseiro” porque crescemos com ele. A população precisava deste, assim há opção de escolha”.Na qualidade de edil, Mvua, exortou em mensagem de ocasião, para que todas regrais estabelecidas por lei sejam observadas e principalmente a higiene na produção daquele produto de primeira necessidade e de rápido consumo (pão).

Por se tratar de primeiro empreendimento do género, a população circunvizinha afluiu ao local da inauguração da padaria para testemunhar o acto não escondeu a sua satisfaço. “Com a inauguração dessa padaria me sinto à vontade porque estão minimizados esforços e dependência a cidade de Quelimane e ao vizinho Malawi. E olhando para crise que vivemos o preço está muito acessível”disse Paulina Duarte, um munícipe.

Leia:  Atenção Funcionário e Agentes de Estado: Quem não fizer prova de vida, o sistema cancela automaticamente o pagamento de salários

Questionado o empresário e proprietário Siraz Abdul Amide, que por sinal é natural e residente da vila, disse que a mesma surge na sequência de falta do empreendimento do género na vila.

Com optimismo avançou que o seu pão é diferente do outro que existe, quer na qualidade e no preço por isso haverá aderência. Refira-se que para além do pão de 60g, Padaria Milange vai servir arrufadas, pão cassete e pão de forma e tem capacidade de produzir 5.000 pães por dia. #

 

LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas