Afinal há cólera em Quelimane?!

Sintomas_e_Tratamento_de_Colera_em_Chifre_da_Africa-300x201 Afinal há cólera em Quelimane?!Depois de aturados desmentidos levados a cabo por entidades governamentais e do sector da saúde ao nível de Quelimane, eis, que esta segunda-feira (13) ficou confirmado pela voz de Hidayat Kasin, director provincial para área da saúde na Província da Zambezia. A cidade de Quelimane, esta a registar um novo surto de cólera com um cumulativo de 29 casos durante o ultimo final de semana “enviamos 11 amostras dos doentes que estavam internadas no centro de tratamento de cólera. Destas amostras sete acusaram positivo”. Informou

Sabe-se no entanto que até ao momento cerca de 10 doentes dão entrada no centro de tratamento de cólera em Quelimane, dados que deixam a população alarmada. A questão de saneamento na urbe é tida como complicada dada a fraca evacuação de resíduos sólidos dos locais depositados pelos munícipes e a não observância das normas estabelecidas pela edilidade face ao locais e horários de depósito. A chuva que se faz sentir nos últimos dias em Quelimane tem contribuindo grandemente para a propagação desta doença, avançam as autoridades sanitárias.

Carneiro mentiu!?

O Administrador do Distrito de Quelimane, Carlos Carneiro no dia 16 de Maio, citado pelo Jornal Makholo afirmou que “Quelimane esta completamente livre dos casos de diarreias agudas e de cólera, fruto da pronta intervenção das autoridades sanitárias do distrito que, assim que descobriram a eclosão do surto de diarreias nos primeiros meses do ano mobilizaram-se se imediatamente e com ajuda dos conselhos consultivos, criaram condições para a rápida erradicação da doença no distrito ”.

Entretanto dados recentemente divulgados pelo timoneiro da saúde na Zambezia desmentem os pronunciamentos do Administrador de Quelimane, Carlos Carneiro, de facto há cólera em Quelimane e há uma necessidade de redobrarem-se esforços com vista a massificar campanhas de educação cívica bem como de limpeza nas comunidades. Recorde-se que no ano transacto pronunciamentos e actitudes não coordenadas entre os diversos sectores culminaram com a vandalização do centro de tratamento de cólera em Quelimane.

Leia:  Barracas de venda de bebida alcoólicas incendiadas

Edilidade decreta estado de alerta

 O Conselho Municipal de Quelimane em nota enviada aos órgãos de comunicação social de Quelimane, decretou estado de alerta face a doença das mãos. No oficio que temos vindo fazer alusão, aquela entidade refere que “Desde a segunda quinzena de Abril o número de doentes com casos de diarreia evacuados pelas ambulâncias do Município das suas residências para os serviços de urgência do Hospital Provincial de Quelimane aumentou significativamente. ”  sabe-se no entanto que estão previstas ainda esta semana uma serie de encontros estratégicos internos e com parceiros para o desenho de um plano de acção com vista a minimizar os efeitos nefastos desta doença endémica. Embora as autoridades governamentais não se pronunciem sobre o facto sabe-se que há registos de casos de morte desde o inicio deste surto. Semanário Txopela

 

LIVRE & INDEPENDENTE

© Jornal Txopela, 2017
Todos os direitos reservados
Fundado em 2014

REGISTO Nº 01/GABINFO-DEC/2016. © AFRO MEDIA COMPANY
Ir para a barra de ferramentas